O Materialismo, uma Filosofia Progressista

links:

 

-- http://filosofia-xauteriana.blogs.sapo.pt

 

-- http://venceremos.blogs.sapo.pt

 

Podera encontrar-nos tambem, em:

 

-- http://www.facebook.com/União Dospovos ( Brasil e Portugal )

 

-- Nos comentarios do EXPRESSO ( de Lisboa ), sob o nome de MUNDO-NOVO

 

Nossos endereços para e-mail:

 

1) pablonodrade@sapo.pt

 

2) filosofia.xauteriana@live.fr

 

3) filosofia.xauteriana@gmail.com

 

                             ----------------- // ------------------------

      Aquilo que diferencia o Materialismo Filosofico do materialismo espontaneo, inocente, é que o primeiro estabeleceu, elabora cientificamente e aplica com secuencia os principios materialistas, partindo dos dados da ciencia avançada e da pratica social.

 

      A Filosofia Materialista é a arma infalivel que coloca os homens ao abrigo da nefasta influencia reaccionaria, na vida espiritual. Ela guia-os na vida, indicando o metodo para resolverem os problemas filosoficos que os preocupam.

 

      Desde ha seculos, a igreja inculca nos homens o desprezo pela vida terrestre e o receio de deus. Ela ensina-lhes ( sobretudo às Massas oprimidas ) que a vida deles é sofrer e rezar, que a felicidade é inalcansavel neste << val de lagrimas >> e que a felicidade não se pode obter senão numa << vida futura >>, mediante a submissão e a humildade. Assim, ela ( igreja ) ameaça-os com a vingança divina e com as torturas do inferno, caso osem contraporem-se ao dominio dos exploradores -- como se tal fosse uma instituição divina.

 

      O grande merito da Filosofia Materialista é ajudar os homens a desembaraçarem-se das superstições. Desde a Antiguidade que prega contra o mêdo da morte, contra o receio dos deuses e de forças sobrenaturais.

 

      A Filosofia Materialista ensina ( aos homens ) a apreciar a vida terrena, esforçando-se por melhora-la, sem esperar a intervenção do além. Pela primeira vez, na Historia da Humanidade, o materialismo elevou bem alto a dignidade e a razão humana, proclamou que o Homem não é um verme e, antes pelo contrario, a criação superior da Natureza -- capaz de se tornar seu dono e soberano. Porque o Materialismo esta animado duma fé profunda nas capacidades do Saber e na razão que é capaz de decifrar os enigmas do mundo circundante, assim como em fundar um regimen social razoavel e justo.

 

      Os apologistas do Idealismo frequentemente caluniam o Materialismo, apresentando-o enquanto uma << doutrina sombria, desmoralisante, parecida com um pesadelo >> ( William James ). Na realidade, é exactamente a Filosofia Idealista ( especialmente a atual ) que é bem negra. Não são os materialistas, mas numerosos representantes do Idealismo quem nega as faculdades conitivas da razão e quem prega a falta de confiança na Ciencia. Não é o Materialismo, mas o Idealismo quem frequentemente abre terreno ideologico propicio às ideologias inumanas mais repugnantes: as teorias racistas, o obscurantismo fascista, etc.

 

      O Idealismo Filosofico recusa-se a reconhecer a realidade do mundo material que nos envolve, evade-se, declara que é uma ilusão e, em lugar da realidade, imagina um universo imaterial, ficticio.

 

      Pelo contrario, o Materialismo apresenta um quadro fiel do mundo, sem aditivos estrangeiros: espiritos, deuses criadores, etc. Os Materialistas não esperam socorro de forças sobrenaturais; eles têm fé no Homem, na sua capacidade em transformar o mundo por suas proprias mãos e de torna-lo digno da Humanidade.

 

      O Materialismo, pela sua propria essencia, é uma doutrina optimista, vivificante; o pessimismo, esse << mal do seculo >> é-lhe estrangeiro. Eis porque ele é, regra-geral, a doutrina das Classes e dos Grupos Sociais progressistas. Os seus militantes são homens que olham o futuro sem mêdos, que não duvidam da justiça desta causa.

 

      Desde ha seculos que os Idealistas denigram o Materialismo, dizendo que os seus valores espirituais e os ideais mais nobres são ausentes nos Materialistas. Seriam previlegio exclusivo dos adeptos do Idealismo Filosofico?!... Que pretenciosismo!!! Na realidade, o Materialismo Dialectico e Historico  de Marx e de Engels esta muito longe de excluir as ideias avançadas, os principios morais e os ideais elevados: aprecia-os particularmente!!! A luta pelo progresso, por um regimen social superior nunca poderia ser coroada de exito sem as grandes ideias que exaltam os homens.

 

(Na proxima Quarta-feira, dia 5 de Fevereiro de 2014, publicaremod um texto subordinado ao tema: " O Materialismo Dialectico e Historico, Grau Superior no Desenvolvimento da Filosofia " ).

 

publicado por filosofia-xauteriana às 20:53 | comentar | favorito